sábado, 14 de outubro de 2017

Chamada 5

Brincando de roda


Colocar os crachás no centro da roda e cantar a música “Se eu fosse um peixinho”. Ao ouvir seu nome a criança pega seu crachá coloca no cartaz e volta para a roda.

PROJETO - JOGOS MATEMÁTICOS

PLANO DE AULA
PROJETO: JOGOS MATEMÁTICOS
Jogo da árvore
P. 5:
CONTEÚDOS: Contagem numérica; quantidade.
OBJETIVOS: Desenvolver o conceito matemático fazendo contagens e relacionando quantidades.
Estratégias
Recursos: Tabuleiro com uma árvore, (um para cada criança), um dado de quantidades por grupo.
Modo de jogar: Cada criança joga o dado, conta quantos pontos conseguiu fazer e coloca na árvore a mesma quantidade de frutos. Vence o jogo a criança que colocar as dez frutas primeiro na árvore.

 _______________________________________________
Jogo do detetive numérico (Que número estou pensando?)
1º, 2º e 3º anos:
CONTEÚDOS: sistema de numeração decimal; sequência numérica; antecessor e sucessor; estimativas.
OBJETIVOS:
Compreender o sistema de numeração decimal; sequência numérica; antecessor e sucessor; fazer estimativas.
MATERIAL UTILIZADO:
Nenhum
ORGANIZAÇÃO DA SALA: Toda a sala.
COMO JOGAR:
A professora ou um aluno escolhe e escreve um número e não mostra aos demais, de acordo com o nível da turma e os outros devem tentar adivinhar, fazendo perguntas que serão respondidas apenas com sim ou não:
Exemplos:
a). É maior que ___?
b). É menor que ___?
c). É par?
d). Começa com___?
Ganha o jogo o primeiro que acertar o número.
________________________________________________ 
Bingo dos 9 números
4º ano:
CONTEÚDOS: raciocínio lógico, cálculo mental, estratégia e operações básicas.
OBJETIVOS: Desenvolver o raciocínio lógico, o cálculo mental, a estratégia e a fixação das operações básicas.
MATERIAL UTILIZADO:
Cartelas, subdivididas em 9 partes (uma para cada aluno), onde cada um escolherá e escreverá nove números, de 0 até 36. Cada criança poderá dobrar sua própria folha separando-a em 9 partes.
Dois dados
ORGANIZAÇÃO DA SALA: Toda a sala.
COMO JOGAR:
1. Utilizando os dados o professor deve obter os números sorteados.
2. Cada aluno deverá verificar se existe alguma operação fundamental (adição, subtração, multiplicação ou divisão), envolvendo os números sorteados, cujo resultado seja um dos números que ele havia escrito em sua cartela.
3. O aluno escreve, na “casa” correspondente, a operação que tem como resultado o número indicado na “casa”.
4. Vence quem completar primeiro os nove números, com verificação do professor.
________________________________________________
Jogo das 4 operações
5º ano
MATERIAL UTILIZADO:
Tabuleiro (figura abaixo)
60 fichas de 4 cores diferentes 15 de cada cor.
3 dados.
ORGANIZAÇÃO DA SALA: grupos de 4 jogadores.
COMO JOGAR:
1. Os adversários jogam alternadamente. Cada jogador joga os três dados ao mesmo tempo e constrói uma sentença numérica usando os números indicados e uma ou duas operações diferentes. Por exemplo, com os números 2, 3 e 4, o jogador poderá construir (2+3) x 4
=20. O jogador, neste caso, cobriria o espaço marcado 20 com uma ficha de sua cor. Só é permitido utilizar as quatro operações básicas.
Se um jogador passar sua jogada, por achar que não é possível fazer uma sentença com aqueles valores dos dados, o adversário terá uma opção a tomar: se ele achar que seria possível fazer uma sentença com os dados jogados pelo colega, ele poderá fazê-la, antes de iniciar sua própria jogada e colocar sua ficha sobre o número correspondente, e em seguida poderá fazer sua própria jogada. Ganha o jogo quem cobrir mais números com suas fichas, ou conseguir terminar suas fichas primeiro. 
JOGO DAS 4 OPERAÇÕES
0
1
2
3
4
5
6
7
27
28
29
30
31
32
33
8
26
54
55
60
64
66
34
9
25
50
120
125
144
72
35
10
24
48
108
180
150
75
36
11
23
45
100
96
90
80
37
12
22
44
42
41
40
38
38
13
21
20
19
18
17
16
15
14

domingo, 8 de outubro de 2017

Planos de aula - medida de tempo

Plano de Aula
Representação do relógio Cuco

Entrada: Fazendinha
Café da Manhã
Chamada e Calendário: Jogo da memória dos nomes: Colocar os crachás virados para baixo no centro do tatame. Uma criança por vez vira um crachá. Se for o seu nome a criança coloca no cartaz, se não for, devolve no tatame e passa a vez para o outro. Verificar e marcar no calendário os dias que se passaram e o dia que é hoje.
Roda da conversa e rotina: Conversar sobre o final de semana.
Experiência: Cantar e dançar a música “Dança das caveiras” observando o relógio.
Saberes e conhecimentos: Medida de tempo
Objetivos: Compreender para que usamos o relógio.
Metodologia: Iniciar fazendo um questionamento: Quem sabe ver as horas? O que usamos para isso? Para que serve o relógio? Como são os relógios? Desenhar no quadro um relógio de ponteiros. Logo depois, cantar com as crianças a música Dança das caveiras mudando os ponteiros do relógio. A seguir as crianças poderão desenhar um relógio usando giz de cera e sulfite.
Materiais: Giz de cera e sulfite, letra da música “Dança das caveiras”.
Espaço: Sala de aula
Jogo de mesa: Letras móveis.
Higiene das mãos.
Almoço
Escovação
Saída: Vídeo de escolha das crianças

Observações do dia:
________________________________________


Plano de Aula

Entrada: Alinhavo.
Café da Manhã
Parque
Roda da conversa e rotina: Conversar sobre as atividades a serem realizadas e as que já realizamos.
Chamada e calendário: Brincando de roda: Colocar os crachás no centro da roda e cantar a música “Se eu fosse um peixinho”. Ao ouvir seu nome a criança pega seu crachá coloca no cartaz e senta no tatame.
Experiência: Montar um relógio.
Objetivos: Identificar o relógio como um instrumento de medida de tempo.
Saberes e conhecimentos: Medida de tempo.
Metodologia: Distribuir brinquedos de sua preferência ou das crianças nas mesas e enquanto todos brincam, realizar a atividade chamando uma criança por vez à mesa que deverá estar preparada com pratinhos de papel, círculos, ponteiros e números para as crianças montarem um relógio. Deixar que manipulem o material livremente e a seguir, montar juntos os relógios passo a passo auxiliando-os, se necessário. Manter um relógio montado perto, para observação. Após todos terminarem seus relógios deixar que manipulem, depois pedir que coloquem as horas de acordo com sua orientação.
Materiais: Pratos de papel. Ponteiros e números e bailarinas para colocar os ponteiros.
Proposta de movimento. Dançar a música “Dança das caveiras”.
Higiene das mãos.
Almoço
Escovação
Saída: Jogo da memória.

Observações do dia:
________________________________________


Plano de Aula
Entrada: Quebra cabeça animais.
Café da Manhã
Brinquedoteca/Biblioteca: conversar sobre as regras da brinquedoteca e brincar com brinquedos de sua preferência.
Roda da conversa e rotina: Conversar novamente sobre a importância do esqueleto para ficarmos em pé e nos movimentarmos. Dizer que para o esqueleto ficar forte precisamos nos alimentar adequadamente e que os alimentos que fortalecem os ossos são os derivados do leite.
Chamada e calendário: Colocar os crachás sobre a mesa. Formar um círculo. Uma criança pega um crachá e diz, “Tenho um nome”, o grupo responde: “De quem é?” A criança coloca o nome atrás da criança correspondente que deverá pegá-lo e será o próximo a pegar o nome de um amigo. Observar e registrar o tempo.
Experiência: Pesquisa on line. Como são os relógios?
Saberes e conhecimentos: Pesquisa, medida de tempo
Objetivos: Conhecer diversos tipos de relógios.
Metodologia: Levar as crianças à sala de informática e lá realizar uma pesquisa sobre diversos tipos de relógios no computador. Ao voltar para a sala todos poderão reproduzir, desenhando, o relógio que mais gostou.
Materiais: Computador, lápis de cor e sulfite.
Jogos de mesa: massinha
Higiene das mãos.
Almoço
Escovação
Saída: Vídeo de escolha das crianças.
Observações do dia:
________________________________________

Plano de Aula
Entrada: legos.
Café da Manhã
Parque
Roda de oralidade, chamada, calendário e rotina: A professora fala o nome de uma criança sem emitir som apenas articulando as palavras com a boca para que as crianças tentem descobrir fazendo leitura labial.
Experiência: Fazer lista de afazeres diários.
Objetivos: Desenvolver a sequência temporal.
Saberes e conhecimentos: sequência temporal.
Metodologia: Conversar com as crianças sobre as horas. Que cada coisa que fazemos durante o dia tem hora certa. Questioná-los sobre a hora que levantam até quando vão dormir. O que fazem? Apresentar a história; Que horas são?”. Fazer a leitura e a seguir fazer uma lista das coisas que fazemos durante o dia (manhã, tarde e noite) em um cartaz. Desenhar aquilo que mais gosta de fazer durante o dia.
Materiais: Livro “Que horas são”, Cartolina, lápis de cor e sulfite.
Espaço: Pátio
Projeto Biblioteca
Higiene das mãos.
Almoço
Escovação
Saída: Blocos lógicos
Observações do dia:

________________________________________

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates